Nenhum item encontrado!

Rádio Nacional

Todo o profissionalismo e inovação que Cesar Ladeira deu à Mayrink fez com que as demais rádios despertassem para a necessidade de também se renovarem para não ficarem para trás. Uma dessas concorrentes, a Rádio Nacional, saiu-se tão bem nesse processo de reciclagem, que virou a nova líder de audiência. E mais do que isso, tirou da Mayrink o seu homem forte. Em 6 de dezembro de 1948, Cesar Ladeira mudou-se para a rádio da Praça Mauá.

Na Nacional, Cesar levou a sua “Crônica da Cidade”, programa levado ao ar de segunda à sábado, às 13h, originalmente criado na Mayrink, no qual o speaker lia o texto do jornalista Genolino Amado sobre o cotidiano da cidade do Rio de Janeiro. Ele também estrelou programas como “Seu criado, obrigado”, que no suntuoso auditório da emissora, apresentava com a atriz Daisy Lucidi, contando com a participação da orquestra da emissora e seus artistas contratados; “Honra ao mérito”; “Esta é a sua vida”; além da transmissão na Semana Santa da dramatização da vida de Jesus Cristo, escrita por Ghiaroni, produção que envolvia todo o elenco da Rádio Nacional com nomes como Mário Lago e Roberto Faissal e com a sua narração.

Em 1949, em sociedade com seu irmão mais velho, Paulo, Cesar fundou a Rádio Relógio. Como o nome já denunciava, era uma emissora em que o ouvinte poderia manter-se a par da hora correta. Mas, além disso, eram veiculados textos de conhecimentos gerais encerrados sempre com o bordão: “Você sabia?”. Foi também em 1949, que Cesar conheceu na boate Casablanca, na Urca, a atriz Renata Fronzi, com quem iniciou um namoro e em agosto veio a se casar, deixando de ser um dos solteiros mais cobiçados do país. Apesar de não ter a altura de um Gary Cooper, sendo de estatura mediana mais para baixa e até um pouco acima do peso, ainda assim, Cesar tinha muita elegância. Seu rosto na capa da Revista do Rádio e mais do que tudo, sua voz, faziam as mulheres suspirar e ficarem pesarosas com o seu casamento e o fim do sonho de um dia estarem com ele diante do altar.